sábado, 28 de maio de 2011

Hipnose

Olhe atentamente esta imagem. Você está cansado, muito cansado. Sente que as suas pálpebras estão a fechar-se lentamente, muito lentamente. 1… 2… 3… Você vai carregando no comando e mudando de canal… 5… 6… 7… E ao chegar ao décimo canal os seus olhos vão ficar fechados… 9… 9 e meio… 10… Os seus olhos estão agora completamente fechados. Mas vão abrir-se, pouco a pouco, e vão ficar abertos, muito abertos. E fixos, sempre fixos, na mesma imagem.

Você vai acreditar agora em tudo aquilo que aparece na imagem. Tudo é verdade. Estamos em plena crise económica. Você vai esquecer que todos os anos da sua vida ouviu dizer que estamos em crise económica e que era preciso baixar, uma e outra vez, o seu ordenado. A crise económica deste ano é a única de que você vai lembrar-se, a única que sempre existiu. E é preciso, mesmo inevitável, baixar desta vez, só desta vez, o seu ordenado, a sua pensão.

Sim, a ajuda externa é mesmo uma ajuda. O mundo das grandes finanças internacionais o que faz é isso: ajudar os países, ajudar as pessoas. Eles são tão bondosos, tão desprendidos do seu próprio dinheiro! Esqueça que o dinheiro que vão emprestar-nos vai directamente para os bancos e para o bolso dos nossos credores, eles próprios parte desse mesmo mundo das grandes finanças internacionais. Esqueça tudo isso. Esqueça ainda que quem nos empresta esse dinheiro vai ganhar grandes dividendos. E que vai ser você a pagá-los.

Agora acredite nisto: a política de direita é inevitável. Não existe outra opção. O governo aplica a sua política porque é inevitável. Ele não quer fazê-lo, mas fá-lo porque é obrigado pelas circunstâncias, porque são pessoas responsáveis. São autênticos heróis porque têm de fazer, uma e outra vez, aquilo que não querem fazer. E fazem-no, repare nisto, mesmo quando nem sequer é preciso. Uns heróis, são uns heróis. São pessoas cheias de coragem porque estão sempre dispostas a bater no ceguinho. Você acredita nisto. E os que sempre os apoiaram até agora também são pessoas sérias e responsáveis. Eles querem fazer o mesmo para demonstrar assim que são diferentes. Você também acredita nisto.

Lembre-se. Você pode mudar de canal sempre que quiser. Não importa. Todos os canais são nossos. Você vai ouvir a opinião dos comentadores que pomos em todos os canais. E vai acreditar neles. É certo que temos muito trabalho em arranjar pessoas como eles, dispostos a mostrar abertamente, em público, a sua estupidez. Mas vale a pena. Rimo-nos tanto com eles! Mas atenção: você não vai rir. Você vai acreditar naquilo que dizem.

Agora você vai voltar ao primeiro canal… 10… 9… 8… E quando lá chegar você não vai lembrar-se de nada… 6… 5… 4… De facto, você nunca se lembra de nada… 3… 2… outra vez 2 (carregue melhor no comando)… 1… Agora os seus olhos estão novamente abertos. E continuam a ver a mesma imagem à sua frente. Sim, lembre-se: hoje é dia de eleições. Você vai votar. Você vai votar hoje numa opção responsável. Numa opção séria e responsável. Credível, honesta, com sentido de estado.

Sem comentários: