quarta-feira, 2 de junho de 2010

Brincadeiras de criança

Há quem pense que aquilo que acontece na Assembleia Regional não é seguido com atenção pela população açoriana. Alguns factos demonstram, no entanto, que isto muitas vezes não é assim.

Recentemente o deputado da CDU, Aníbal Pires, apresentou uma proposta na Assembleia para “impedir o acesso às touradas de praça a espectadores com menos de 16 anos de idade, com o fim de proteger as crianças e jovens de um espectáculo que é, pela sua natureza, sangrento”. O resultado foi decepcionante, com todos os outros partidos políticos presentes na Assembleia a chumbar a proposta. Todos eles entenderam que determinados interesses económicos eram muito mais importantes do que a educação e o adequado desenvolvimento psíquico e social das crianças e jovens.

Esta atitude indecorosa da Assembleia, duma Assembleia que supostamente deveria elevar o nível cultural dos açorianos, acabou por dar um claro e inequívoco sinal à população. Assim, no passado dia 21 de Maio realizou-se mais uma corrida de touros na ilha Terceira. E, claro, os menores de dez anos tiveram agora entrada gratuita!


1 comentário:

Anónimo disse...

Daqui a uns dias já não podem ir às touradas à corda, nem passear o cão porque está amarrado com uma coleira e uma corda sem liberdade, nem por agua ao melrinhe porque está numa gaiola, nem dar comida aos peixes porque estão num aquarie, nem matar um mosquite pela dor e sofrimente causado.
Pensem noutras coisas mais verdes, tipo como produzir 500 kiles de alface em metade de 1 alqueire.